Orlando Monteiro da Silva defende projecto abrangente

Imagem da notícia: Orlando Monteiro da Silva defende projecto abrangente

Para o triénio 2010-2012, o candidato assume o
desafio de diminuir o número de graduados em medicina dentária, de regular e
registar as sociedades profissionais de medicina dentária pela e na OMD e de
implementar um sistema de comparticipação das consultas de medicina dentária
aos utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS). A integração de médicos
dentistas no SNS com carreira própria, a inserção da medicina dentária na
medicina do trabalho e o alargamento dos cheques-dentista perfilam-se como
outras das prioridades.

 

O candidato estimula a saúde oral junto da população, elegendo
como desafio o alargamento da cobertura proporcionada pelo seguro escolar à
medicina dentária. A definição do Acto Médico Dentário através de diploma
legal, tal como acontece com o Acto Médico constitui outras das metas assinaladas.
Orlando Monteiro da Silva debruça-se ainda sobre questões como os jovens
médicos dentistas, a possibilidade de uma formação voluntária ministrada por
faculdades, hospitais ou clínicas privadas, a criação de um conselho consultivo
de apoio ao bastonário e à direcção da Ordem ou o apoio a colegas em situação
de reforma ou incapacidade através da Fundação da Medicina Dentária.

21 Outubro, 2009
Atualidade

Notícias relacionadas