Enfermeiros espanhóis prescrevem medicamentos

Imagem da notícia: Enfermeiros espanhóis prescrevem medicamentos

O Congresso espanhol declarou, unanimemente, que os enfermeiros têm capacidade para prescrever medicação não sujeita a receita médica, contra o parecer da classe dos médicos.

A medida aplica-se desde Dezembro de 2009, mas o presidente do Conselho Geral de Enfermagem do país, Máximo Gonzalez, explicou à imprensa que no fundo isto é uma oficialização do que já se fazia em casos urgentes, sem se cometer uma ilegalidade.

As entidades decisoras espanholas admitem que esta permissão se poderá alargar aos fármacos sujeitos à prescrição clínica.

Em Portugal, a nova lei do país vizinho levantou a questão aos representantes de ambas as profissões. O bastonário da Ordem dos Médicos, Pedro Nunes, rebateu em absoluto este quadro regulamentador, qualificando-o como “absurdo” e como uma forma dos governos pouparem dinheiro. Carlos Maurício, bastonário da Ordem dos Enfermeiros, também não reconhece quaisquer vantagens ao modelo.

À semelhança da Espanha, França, Reino Unido e Canadá já decidiram atribuir mais responsabilidades à profissão enfermeiro, no sentido de optimizar os recursos humanos. No Reino Unido, os enfermeiros ocupam-se, inclusive, da realização das endoscopias digestivas.

 

 

9 Março, 2010
Atualidade


Notice: Undefined variable: cats in /home/dentalpro/public_html/wp-content/themes/revista-codigopro-2017-v5/single.php on line 71

Notícias relacionadas

Portas abertas na 35a edição das Jornadas de Medicina Oral da FMDUL

As Jornadas de Medicina Oral da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa (FMDUL) estão de volta ao modelo presencial entre esta quinta-feira (19) e sexta-feira (20), nas instalações da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, no Auditório Prof. Armando Simões dos Santos.

Ler mais 19 Maio, 2022
AtualidadeEventosMedicina dentária