Médicos: classe de risco

Imagem da notícia: Médicos: classe de risco

A Ordem dos Médicos (OM) ficou alarmada com os resultados que instituem a classe médica como um segmento de risco.

Os dados apurados por especialistas, num estudo que observou a classe inserida no dia-a-dia profissional revelam uma percentagem alta de clínicos auto-medicados e de outros que sucumbem ao desespero, que impele ao abandono do exercício.

Faltam dados concretos para apoiar estas constatações, no entanto, a taxa de divórcios, depressão e suicídio entre os médicos é elevada, de acordo com o grupo de trabalho da OM.

Na origem destes comportamentos de risco estão, entre vários factores, os bancos de 24 horas, o aumento da pressão e das responsabilidades e a falta de recursos.

13 Julho, 2010
Atualidade


Notice: Undefined variable: cats in /home/dentalpro/public_html/wp-content/themes/revista-codigopro-2017-v5/single.php on line 71

Notícias relacionadas

FMDUL desenvolve estudo sobre Literacia em Saúde

A Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa para além de outros estudos está a desenvolver o estudo “Literacia em Saúde da população do Ensino Superior: Desafios em Portugal”. O professor Victor Assunção foi recentemente nomeado Coordenador da Comissão Executiva da Rede Académica para a Literacia em Saúde.

Ler mais 8 Agosto, 2022
Atualidade