“A doença mais prevalente da sociedade portuguesa é a cárie dentária”

Após apresentar dados de que apenas um em cada quatro jovens escova os dentes duas vezes ao dia, o médico dentista Carlos Pereira não hesita na hora de apontar a cárie dentária como “a doença mais prevalente da sociedade portuguesa”.

Doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e professor na Escola Superior de Saúde de Viseu, o médico dentista colaborou no estudo que avaliou sete mil jovens, com idades entre os 12 e os 18 anos, de escolas públicas do distrito de Viseu, que traçou um retrato negro da saúde oral no nosso país, com 20 por cento dos entrevistados a assumir que não realiza a higiene oral diária.

Em entrevista ao Jornal do Centro, Carlos Pereira frisa a necessidade de combater a cárie dentária. “Se formos ver os números frios como eles devem ser vistos, a doença mais prevalente na sociedade portuguesa é a cárie dentária. Esquecemo-nos que a cárie dentária é uma doença com uma componente infecciosa grande. E se fizer a questão: Quem é que alguma vez teve cárie dentária? Provavelmente 99,9 por cento ou têm ou já tiveram”, conclui.

6 Agosto, 2010
Atualidade


Notice: Undefined variable: cats in /home/dentalpro/public_html/wp-content/themes/revista-codigopro-2017-v5/single.php on line 71

Notícias relacionadas

Portas abertas na 35a edição das Jornadas de Medicina Oral da FMDUL

As Jornadas de Medicina Oral da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa (FMDUL) estão de volta ao modelo presencial entre esta quinta-feira (19) e sexta-feira (20), nas instalações da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, no Auditório Prof. Armando Simões dos Santos.

Ler mais 19 Maio, 2022
AtualidadeEventosMedicina dentária