Consulta de diagnóstico precoce do cancro oral gratuita

Imagem da notícia: Consulta de diagnóstico precoce do cancro oral gratuita

A Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte e a APMDH iniciaram uma consulta de diagnóstico precoce do cancro oral gratuita e dirigida aos mais carenciados.

A decorrer no primeiro piso do seu edifício na Areosa, o Gabinete de Estomatologia e Medicina Dentária funciona três vezes por semana, com oito médicos dentistas e estomatologistas da Associação Portuguesa de Medicina Dentária Hospitalar que trabalham gratuitamente.

O cancro da cavidade oral tem uma taxa de mortalidade muito elevada e a LPCC consciente da importância do diagnóstico precoce alerta para os comportamentos de risco (álcool, tabaco e má higiene) e incitam o auto- exame da boca.

Esta patologia tem aumentado nos últimos 30 anos devido à adoção de maus hábitos e ao início cada vez mais precoce da vida sexual. O vírus HPV está não só associado ao cancro do colo do útero como também ao cancro oral.

Segundo os dados do Registo Oncológico da Região Norte, o distrito mais atingido (região norte) é o do Porto. Este tipo de cancro atinge pessoas de todas as idades e sexos, apesar dos índices de incidência serem maiores no sexo masculino. No entanto, no sexo feminino também está a aumentar.

14 Agosto, 2012
Atualidade

Notícias relacionadas

Novembro em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de novembro de 2020, segundo dados do Google Analytics.

Ler mais 2 Dezembro, 2020
Atualidade

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação, e para a campanha de educação “2 Minutos para Mudar de Vida, que recebeu o Prémio Ciência Viva Media.

Ler mais 24 Novembro, 2020
Atualidade

Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

A pesquisa – liderada pela Universidade de Cardiff, no Reino Unido – afirma que os elixires bucais que contenham 0,07% de cloreto de cetilpiridínio (CPC) estão a mostrar “sinais promissores” na redução do vírus.

Ler mais 20 Novembro, 2020
Atualidade