Faro dos cães pode detetar cancro no pulmão

Imagem da notícia: Faro dos cães pode detetar cancro no pulmão

O apurado faro dos cães consegue detetar casos de cancro do pulmão, de acordo com um estudo austríaco.

A descoberta pode levar à criação de uma espécie de “nariz eletrónico” que consiga detetar a doença numa fase precoce.

Os cães cheiraram um conjunto de 120 amostras de hálito de pessoas saudáveis e de indivíduos doentes. Os animais foram capazes de identificar corretamente, com uma taxa de 70 por cento de sucesso, os doentes com cancro.

Os autores deste estudo consideram os resultados “encorajadores” e pretendem organizar uma investigação mais aprofundada, num estudo de dois anos a envolver a análise de amostras de 1.200 pessoas.

A longo prazo, o estudo pode contribuir para o desenvolvimento de uma espécie de “nariz electrónico” que permita diagnosticar os cancros numa fase em que a doença esteja ainda no início, aumentando as probabilidades de sobrevivência dos pacientes.

19 Dezembro, 2012
Atualidade

Notícias relacionadas