Vinagre ajuda médicos indianos a detetar cancro

Imagem da notícia: Vinagre ajuda médicos indianos a detetar cancro

Médicos indianos estão a usar ácido acético, ou vinagre comum, para detetar a presença de células causadoras de cancro cervical, isto porque os exames citológicos tradicionalmente usados são caros e requerem equipamentos especializados.

O método, desenvolvido por cientistas da Universidade Johns Hopkins e de outras instituições, consiste em recolher, com a ajuda de uma espécie de cotonete com vinagre, material do colo do útero das pacientes. Se o vinagre fizer o material recolhido ficar branco ou amarelado, há indícios da presença de células pré-cancerígenas.

Em muitos países desenvolvidos, praticamente não há mortes causadas por este tipo de cancro graças ao exame conhecido como Papanicolau, que permite a deteção precoce e tratamento da doença. No entanto, na Índia existem dezenas de milhares de mulheres que ainda morrem todos os anos de cancro cervical, graças à falta de condições de saúde. Os exames com vinagre são uma resposta relativamente simples e barata a esse dilema.

7 Janeiro, 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Novembro em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de novembro de 2020, segundo dados do Google Analytics.

Ler mais 2 Dezembro, 2020
Atualidade

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação, e para a campanha de educação “2 Minutos para Mudar de Vida, que recebeu o Prémio Ciência Viva Media.

Ler mais 24 Novembro, 2020
Atualidade

Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

A pesquisa – liderada pela Universidade de Cardiff, no Reino Unido – afirma que os elixires bucais que contenham 0,07% de cloreto de cetilpiridínio (CPC) estão a mostrar “sinais promissores” na redução do vírus.

Ler mais 20 Novembro, 2020
Atualidade