Vinagre ajuda médicos indianos a detetar cancro

Imagem da notícia: Vinagre ajuda médicos indianos a detetar cancro

Médicos indianos estão a usar ácido acético, ou vinagre comum, para detetar a presença de células causadoras de cancro cervical, isto porque os exames citológicos tradicionalmente usados são caros e requerem equipamentos especializados.

O método, desenvolvido por cientistas da Universidade Johns Hopkins e de outras instituições, consiste em recolher, com a ajuda de uma espécie de cotonete com vinagre, material do colo do útero das pacientes. Se o vinagre fizer o material recolhido ficar branco ou amarelado, há indícios da presença de células pré-cancerígenas.

Em muitos países desenvolvidos, praticamente não há mortes causadas por este tipo de cancro graças ao exame conhecido como Papanicolau, que permite a deteção precoce e tratamento da doença. No entanto, na Índia existem dezenas de milhares de mulheres que ainda morrem todos os anos de cancro cervical, graças à falta de condições de saúde. Os exames com vinagre são uma resposta relativamente simples e barata a esse dilema.

7 Janeiro, 2013
Atualidade

 
imagem
Quer receber a nossa newsletter?
Newsletter semanal com novidades e notícias da medicina dentária. Dirigido especialmente a profissionais do setor.

Vamos guardar os seus dados só enquanto quiser. Ficarão em segurança e a qualquer momento pode editá-los ou deixar de receber as nossas mensagens.

 

Notice: Undefined variable: cats in /home/dentalpro/public_html/wp-content/themes/revista-codigopro-2017-v5/single.php on line 71

Notícias relacionadas

Conselho diretivo da OMD elege membros

A 6 de julho, na Fundação Champalimaud, em Lisboa, os membros do Conselho Diretivo (CD) da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) elegeram Maria João Ponces para o cargo de vice-presidente, Paulo Miller para tesoureiro, António Cabral e Maria Carlos Real Dias para secretários.

Ler mais 22 Julho, 2024
Atualidade

SMD presente na sede da IGAS

No dia 16 de julho, o Sindicato dos Médicos Dentistas (SMD) esteve presente na sede da Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS), onde prosseguiu o seu périplo de reuniões com as entidades inspetivas. A reunião "foi profícua, já que foram debatidos vários assuntos sobre as atuais reivindicações da classe e implicações na atividade", refere o sindicato.

Ler mais 19 Julho, 2024
Atualidade