Cancro oral tem vindo a aumentar

Imagem da notícia: Cancro oral tem vindo a aumentar

Um estudo recente da Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU), em parceria com o Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto, revelou que o cancro oral tem feito cada vez mais vítimas.

A investigação, intitulada “Estudo de Sobrevivência de Cancro Oral da População do Norte de Portugal”, do médico e professor da CESPU Luís Monteiro, ocorreu entre 2005 e 2006, na qual se apurou que a prevenção é fundamental para o sucesso do tratamento da doença.

Um doente que, ao fim de cinco anos, ainda apresente sintomas de estádios iniciais deste cancro tem 85 por cento de probabilidade de sobreviver. Por outro lado, nos estádios mais avançados esta taxa diminui para 20 por cento.

Como sintomas desta doença, são comuns as feridas orais que não cicatrizam, nódulos que não desaparecem e dores constantes sem razão aparente.

O mesmo estudo aponta que 80 por cento dos novos casos estão relacionados com hábitos de risco, como o tabagismo e alcoolismo.

Recorde-se que a Ordem dos Médicos Dentistas tem vindo a lançar vários avisos, especialmente no passado Dia Mundial da Saúde Oral. Leia mais aqui.

27 Maio, 2014
Atualidade

 
imagem
Quer receber a nossa newsletter?
Newsletter semanal com novidades e notícias da medicina dentária. Dirigido especialmente a profissionais do setor.

Vamos guardar os seus dados só enquanto quiser. Ficarão em segurança e a qualquer momento pode editá-los ou deixar de receber as nossas mensagens.

 

Notice: Undefined variable: cats in /home/dentalpro/public_html/wp-content/themes/revista-codigopro-2017-v5/single.php on line 71

Notícias relacionadas

Ana Sofia Lopes concorre a bastonária da OMD

Sob o mote “Já é Tempo de dar Voz aos Médicos Dentistas”, Ana Sofia Lopes apresenta-se como “a médica dentista ideal para liderar a OMD num momento crucial para a profissão e para a saúde oral em Portugal”.

Ler mais 15 Abril, 2024
Atualidade