Açores discute o futuro da Medicina Dentária

Imagem da notícia: Açores discute o futuro da Medicina Dentária

Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional dos Açores, afirmou recentemente que o Estado Português está “empenhado em garantir bons indicadores de saúde oral” no arquipélago.

Completa que se “deve continuar a incidir, de forma decisiva, na componente da prevenção”, quanto à aposta na saúde oral, nomeadamente no investimento nos mais jovens, o futuro da Medicina Dentária.

A 12 (Ponta Delgada) e 13 de junho (Angra do Heroísmo), o bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, Orlando Monteiro da Silva, realizou duas reuniões nos Açores de forma a fazer um balanço da Medicina Dentária nesta região e, também, planear o futuro desta atividade.

Nos encontros estiveram Artur Lima, representante da Ordem no arquipélago, Vasco Cordeiro e ainda José Manuel Bolieiro, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, e Luís Mendes Cabral, Secretário Regional de Saúde.

“Saímos satisfeitos, mas não surpreendidos, desta audiência com o presidente do Governo Regional. Somos conhecedores dos grandes avanços em termos de saúde oral quer no setor público, quer no privado”, disse Orlando Monteiro da Silva.

Já Artur Silva considerou que “é preciso haver um estímulo por parte do Governo Regional, relativamente ao sistema de reembolsos, para que as pessoas possam ir mais ao seu médico dentista na privada e evitar sobrecarregar os serviços públicos”.

19 Junho, 2014
Atualidade

Notícias relacionadas