Crónicas Da Vida V

Imagem da notícia: Crónicas Da Vida V

A quinta parte da rúbrica “Crónicas da Vida”, por João Pimenta.

Olhando para este mundo, vemos uma ânsia do lucro fácil, da especulação e da supremacia do ter. Alguns “grupos” (não todos obviamente) querem, de uma forma desvairada, alcançar posições monopolistas no que chamam “mercado”. No entanto, e por vezes, não têm qualquer respeito pelos mais elementares princípios éticos. Aliás, por vezes, nem sequer olham a meios para atingirem os seus fins, calcando tudo e todos, numa cavalgada que, muitas vezes, os levam ao precipício que vão construindo. Gente como eu tem conseguido resistir, com alguns sacrifícios.

Um dia destes, um “iluminado” desses que “conhecem o preço de tudo mas não sabem o valor de nada” disse que consultórios como o meu seriam “triturados”.

Tenho vindo a assistir a algumas “triturações”… mas não são de consultórios ou clínicas bem dimensionadas, que trabalham honestamente e realçam o que de mais importante tem a medicina: o relacionamento… São essas pequenas estruturas que, mesmo não tendo “economia de escala” nem são geridas por “iluminados”, estão e vão sobreviver porque sabem o que é a medicina… e sabem que as pessoas merecem ser respeitadas e não “industriadas” a comprarem planos de financiamento para se tratarem, como acontece nalguns desses “sítios”.

A saúde não pode, nem nunca poderá ser, encarada como um negócio. Então a “privada” (que não é convencionada; e há quem confunda isto) é que não pode mesmo… A saúde baseia-se em relações humanas, em confidências e não em cifrões. Há quem me critique, publicamente, e ache que estou desfasado no tempo… mas o futuro vai seguramente dar-me razão.

Porque, como disse na crónica anterior, e repito, os princípios médicos são imutáveis e intemporais.

Essa “gente” nunca compreenderá que a medicina privada não se faz com publicidade igual à dos super-mercados; nem com distribuição de “vouchers” de desconto (exigindo alguns declarações de IRS), nem com gratuitidade de actos médicos.

Leia a crónica na íntegra na DentalPro 75, aqui.

19 Setembro, 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação, e para a campanha de educação “2 Minutos para Mudar de Vida, que recebeu o Prémio Ciência Viva Media.

Ler mais 24 Novembro, 2020
Atualidade

Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

A pesquisa – liderada pela Universidade de Cardiff, no Reino Unido – afirma que os elixires bucais que contenham 0,07% de cloreto de cetilpiridínio (CPC) estão a mostrar “sinais promissores” na redução do vírus.

Ler mais 20 Novembro, 2020
Atualidade