“A formação pós-graduada é um complemento importante”

Imagem da notícia: “A formação pós-graduada é um complemento importante”

Tendo em conta que o curso de Medicina Dentária prolonga-se por seis anos em vários países da comunidade europeia, Manuel Paulo considera que é “urgente compensar o défice de um ano que atualmente se verifica” em Portugal.

“Para tal, é indispensável que as diversas instituições que superintendem o ensino em conjunto com a OMD, desenvolvam esforços conjuntos no sentido suprir esta falha. Dada a perda de um ano no curso, que atualmente é de cinco anos, sou da opinião que a formação pós-graduada é um complemento importante que, ao possibilitar o reforço/aperfeiçoamento da prática clínica perdida, irá contribuir para uma maior segurança do profissional e uma notória diferenciação na qualidade dos trabalhos realizados. Entendo que a subespecialização é, também, uma boa opção que o profissional pode tomar, para se diferenciar no mercado de trabalho”.

Toda a reportagem na DentalPro 81.

28 Outubro, 2014
Atualidade

 
imagem
Quer receber a nossa newsletter?
Newsletter semanal com novidades e notícias da medicina dentária. Dirigido especialmente a profissionais do setor.

Vamos guardar os seus dados só enquanto quiser. Ficarão em segurança e a qualquer momento pode editá-los ou deixar de receber as nossas mensagens.

 

Notice: Undefined variable: cats in /home/dentalpro/public_html/wp-content/themes/revista-codigopro-2017-v5/single.php on line 71

Notícias relacionadas

Conselho diretivo da OMD elege membros

A 6 de julho, na Fundação Champalimaud, em Lisboa, os membros do Conselho Diretivo (CD) da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) elegeram Maria João Ponces para o cargo de vice-presidente, Paulo Miller para tesoureiro, António Cabral e Maria Carlos Real Dias para secretários.

Ler mais 22 Julho, 2024
Atualidade

SMD presente na sede da IGAS

No dia 16 de julho, o Sindicato dos Médicos Dentistas (SMD) esteve presente na sede da Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS), onde prosseguiu o seu périplo de reuniões com as entidades inspetivas. A reunião "foi profícua, já que foram debatidos vários assuntos sobre as atuais reivindicações da classe e implicações na atividade", refere o sindicato.

Ler mais 19 Julho, 2024
Atualidade