Doenças orais em destaque nos novos maços de tabaco

Imagem da notícia: Doenças orais em destaque nos novos maços de tabaco

Doenças como o cancro oral e lesões nos dentes e gengivas vão estar em evidência nos novos maços de tabaco de acordo com uma proposta à lei do tabaco já aprovada pelo Governo e debatida na Assembleia da República.

Considerado a primeira causa de morbilidade e mortalidade evitáveis, o tabagismo tem várias doenças associadas e com especial impacto na saúde oral, incluindo, entre outras, lesões malignas, queratose tabágica, estomatite nicotínica, aftose, melanose do fumador, língua pilosa, a halitose, as cáries dentárias cervicais e a perda dentária.

O bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), Orlando Monteiro da Silva, salienta que “os efeitos do tabaco são nefastos para a saúde oral, pelo que a OMD batalhou para que as doenças orais, nomeadamente o cancro oral, fossem incluídas na lista de doenças a incluir nas fotografias dos novos maços de tabaco”.

A colocação de imagens nos maços de tabaco gerou polémica, mas o bastonário afirma que “a decisão vai no caminho certo. É uma das ações previstas na Convenção Quadro para o Controlo do Tabaco, da Organização Mundial de Saúde adotada em 2005, e há múltiplos estudos científicos que comprovam que a probabilidade de deixar de fumar ou de reduzir o número de cigarros consumidos é maior entre os fumadores que vêm as imagens”.

11 Junho, 2015
Atualidade

Notícias relacionadas