“Uma patologia desafiante”

Imagem da notícia: “Uma patologia desafiante”

O ponto de partida para o 1º Congresso de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial, que decorreu em Coimbra, foi o desafio inerente do tratamento desta doença peculiar.

“As dores orofaciais, entre as quais as disfunções temporomandibulares, representam uma patologia desafiante para os profissionais de saúde, atingindo aproximadamente um terço da população mundial. Era portanto imperativa a criação em Portugal de uma sociedade científica que visasse promover o desenvolvimento do conhecimento nestas áreas. Assim, fruto da comunhão de pensamentos entre vários colegas, e com os objetivos mais elevados, nasceu no final de 2014 a Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial (SPDOF). Sob o desígnio da multidisciplinarie-dade que deve orientar o tratamento destes pacientes, a SPDOF reuniu um contributo alargado e inclusivo de muitos colegas das mais diversas especialidades e associou-se ao Serviço de Cirurgia Maxilo-facial do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) no desenvolvimento deste projeto que culminou no 1º Congresso de Abordagem Multidisciplinar de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial”. Os responsáveis pela SPDOF dizem ainda, na sua página de facebook, que “o caminho não foi fácil até aqui, mas hoje reconhecemos o sentimento do dever cumprido e de um tra balho bem feito. Conseguimos reunir mais de 560 inscritos, seis patrocínios científicos das mais variadas entidades científicas nacionais e internacionais, dos mais variados campos da medicina que validaram a qualidade deste evento, 13 expositores, oito conferencistas internacionais e 26 conferencistas nacionais, distribuídos por três dias de ampla discussão em torno da disfunção temporomandibular e dor orofacial”. Concluíram a mensagem, afirmando que esperam que “esta reunião tenha correspondido às demandas que vos fez juntar-se a nós neste evento e esperamos poder rever os colegas no seio da Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial, como sócios ou como participantes das mais diversas iniciativas que desenvolveremos. O trabalho não acaba aqui, continua e continuará”. O próximo evento da SPDOF está já a ser preparado. Será em março de 2016, na cidade de Lisboa.

Toda a reportagem na DentalPro 91!

17 Agosto, 2015
Atualidade

Notícias relacionadas