Israelitas criam método anti-infeções “quase infalível”

Imagem da notícia: Israelitas criam método anti-infeções “quase infalível”

Há sempre o risco de infeção em implantologia, desde um parafuso ou placa que causa uma infeção no paciente, resultando em casos mais graves, como a falha total da restauração.

A empresa NanoLock ambiciona acabar com este risco, ao revestir o implante com plástico de polímero de características anti-microbiais. Desta forma, é evitado o contacto do implante com bactérias e outros agentes nocivos.

Esta nova tecnologia, segundo a empresa de Israel, não só impede que as bactérias se aloquem ao implante, como mecanicamente as mata, sem o risco de corromper o material dentário, numa eficiência quase total.

O método pode ser aplicado a várias áreas médicas, como oftalmologia, mas, para já, a NanoLock vai desenvolvê-lo em medicina dentária.

Saiba mais aqui!

29 Outubro, 2015
Atualidade

Notícias relacionadas

Novembro em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de novembro de 2020, segundo dados do Google Analytics.

Ler mais 2 Dezembro, 2020
Atualidade

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação, e para a campanha de educação “2 Minutos para Mudar de Vida, que recebeu o Prémio Ciência Viva Media.

Ler mais 24 Novembro, 2020
Atualidade

Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

A pesquisa – liderada pela Universidade de Cardiff, no Reino Unido – afirma que os elixires bucais que contenham 0,07% de cloreto de cetilpiridínio (CPC) estão a mostrar “sinais promissores” na redução do vírus.

Ler mais 20 Novembro, 2020
Atualidade