Patologia oral na consulta de medicina geral e familiar

Imagem da notícia: Patologia oral na consulta de medicina geral e familiar

A população idosa apresenta problemas de saúde oral, decorrentes do tempo de uso da dentição, associados à prevalência de cárie e necessidades de tratamentos não satisfeitos, à doença periodontal e ao edentulismo.

Este foi o ponto de partida para o curso de saúde oral “Patologia oral em consulta de medicina geral e familiar” que três médicos dentistas leccionaram no 35º Encontro de Nacional Medicina Geral e Familiar.

A formação, que decorreu no Algarve a 14 de março, foi ministrada pelos médicos dentistas José Frias Bulhosa (membro do Conselho Deontológico e de Disciplina da OMD), Pedro Ferreira Trancoso (membro do Conselho Diretivo da OMD) e Sandra Gavinha (membro do Conselho Geral da OMD).

“O tratamento ou a abordagem estritamente curativa não poderá ser a atitude primária neste contexto, sendo o papel do médico de medicina geral e familiar insubstituível na identificação primária e no encaminhamento das situações clínicas”, explicaram o conferencistas.

O cheque-dentista, que se apresenta de forma modular, apresenta funcionalidades que nem sempre são fáceis para o médico de medicina geral e familiar enquadrar na patologia oral existente nos seus utentes. Por isso, no curso foram descritas as principais diferenças entre os diferentes módulos e funcionalidades do cheque dentista.

Saiba mais aqui.

20 Março, 2018
EventosMedicina dentária

Notícias relacionadas

DentalPro 159

Nesta edição, destacamos a Unidade Móvel da Clipal, um projeto de proximidade no setor da Medicina Dentária, que realiza ações de sensibilização na comunidade de forma a contribuir para uma área “social mais alargada".

Ler mais 30 Julho, 2021
Medicina dentáriaRevista