Qual o futuro da saúde oral no SNS?

Imagem da notícia: Qual o futuro da saúde oral no SNS?

É necessário criar a carreia de medicina dentária no Serviço Nacional de Saúde (SNS), defendeu o bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas num artigo do Público.

“A medicina dentária é uma profissão única, que combina a conceção intelectual de um trabalho, com a execução médica, operatória e cirúrgica do mesmo com procedimentos adequados realizados no paciente”, explicou Orlando Monteiro da Silva.

Em 2016, foram efetuadas obras em alguns centros de saúde do sul do país e contrataram-se médicos dentistas para um projeto-piloto que visava o atendimento da população mais vulnerável.

A partir de 2017, o projeto-piloto foi sendo alargado e atualmente mais de 50 centros de saúde do continente dispõem de médicos dentistas a atender a população, em instalações adequeadas e com equipamentos ao nível do que acontece no setor privado. O Governo quer que até ao final do próximo ano todos os agrupamentos de centros de saúde (ACE) tenham consultas de medicina piloto.

O Ministério da Saúde já aprovou a carreira de medicina dentária no Serviço Nacional de Saúde. “Hoje, o investimento está feito e devidamente orçamentado, os médicos dentistas estão contratados, faltando apenas um último passo, a imprescindível coaprovação da carreira de medicina dentária por parte do Ministério das Finanças”, apelou o bastonário.

6 Abril, 2018
AtualidadeMedicina dentária

Notícias relacionadas

1º Mestrado em Higiene Oral arranca a 30 de outubro

A Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa (FMDUL) criou o primeiro Curso de Mestrado em Higiene Oral, tanto em Portugal como na Europa, e destina-se a titulares de grau de licenciado em Higiene Oral ou equivalente legal. As aulas deste curso, coordenado por Henrique Soares Luís, arrancam já no próximo dia 30 de outubro.

Ler mais 21 Outubro, 2020
FormaçãoMedicina dentária