SNS faz balanço do Programa Nacional de Saúde Oral

Imagem da notícia: SNS faz balanço do Programa Nacional de Saúde Oral

O Ministério da Saúde afirma que, desde 2008, foram emitidos 5.234.298 cheques-dentista, o que representou um investimento de 132.641.390 euros para o PNSO – Programa Nacional de Saúde Oral.

Até ao final da presente legislatura, o Governo pretende que haja um gabinete de saúde oral em cada agrupamento de centros de saúde, num total de cerca de 90 gabinetes, garantindo uma cobertura mínima em todo o país no acesso a consultas de medicina dentária no SNS.

Atualmente, nos cuidados de saúde primários, existem 53 médicos dentistas e 59 centros de saúde com gabinetes de saúde oral, 22 dos quais na Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo, 25 na ARS Norte, seis na ARS Centro, três na ARS do Alentejo e três na ARS do Algarve.

Desde que foi lançado em 2008, o PNSO já chegou a 3,3 milhões de portugueses, abrangendo crianças e adolescentes até aos 18 anos que frequentam escolas públicas, idosos com complementos solidário, grávidas, portadores de VIH e doentes que necessitem de intervenção precoce devido a cancro da boca.

Saiba mais aqui.

22 Agosto, 2018
Atualidade

Notícias relacionadas