“O BLX é um implante fora da caixa, um verdadeiro instrumento”

Imagem da notícia: “O BLX é um implante fora da caixa, um verdadeiro instrumento”

Foi lançado recentemente o implante Straumann BLX, um sistema de implantes totalmente cónico, projetado para protocolos de tratamento imediato que complementa o portefólio premium da empresa e está posicionado para conquistar uma participação significativa neste segmento. Falámos com Ophir Fromovich, um dos seus inventores, para percebermos como funciona o implante BLX e que mais-valias trará aos pacientes.

DentalPro: Trata-se de um implante revolucionário do ponto de vista do design. Quais os aspetos mais inovadores?

Ophir Fromovich: Todas as características que este implante apresenta são realmente “loucas e especiais”. O implante Straumann BLX combina um design inovador com vista à estabilidade primária otimizada com a liga metálica de alta performance Roxolid® e a superfície SLActive®. O resultado é um sistema de implantes que oferece novos níveis de confiança – imediatos e após a colocação. Por exemplo, o BLX permite o uso de implantes mais curtos, bem como fluxos de trabalho simplificados, que se traduzem em tempos de cadeira mais reduzidos. A Straumann projetou a liga Roxolid® usando 15% de zircónio e 85% de titânio para maximizar a sua alta resistência à tração e excelentes capacidades de osseointegração. Isso faz com que seja o material de eleição para reduzir os procedimentos invasivos. As propriedades da liga Roxolid® permitem a colocação de implantes mais curtos e de diâmetro reduzido, especialmente nos casos em que o aumento ósseo pode ser evitado. A SLActive®, por sua vez, é uma superfície de alto desempenho com grande potencial de cicatrização. Significa alta previsibilidade e osseointegração acelerada. Estudos recentes demonstraram um excelente desempenho clínico dos implantes SLActive®, mesmo em protocolos de tratamento muito exigentes e em doentes com problemas de saúde. Além de aproveitar os benefícios destas características, os vários tamanhos BLX têm a mesma conexão protética em todos os diâmetros, variando de Ø 3,5 mm a Ø 6,5 mm. Quando se pensou em desenvolver esta tecnologia, a empresa não se limitou a projetar apenas um implante totalmente cónico. O fluxo de trabalho completo – desde o planeamento do tratamento até à restauração final – foi considerado.

Leia mais na DentalPro 135.

9 Abril, 2019
Entrevistas

PUBLICIDADE
Straumann

Notícias relacionadas

Lúcia Ramos abre nova clínica em Benfica

Com uma carreira de quase 20 anos no ramo da medicina dentária, com colaborações em vários grupos, Lúcia Ramos concretizou o sonho de abrir um espaço seu, onde a roncopatia, nutrição e pneumologia farão a diferença. O objetivo máximo, assume, é que todos se sintam confortáveis, como se estivessem na sua própria casa.

Ler mais 4 Abril, 2019
EntrevistasMedicina dentária

“Continuamos com ambiciosos planos de expansão”

Para Isabel Serpa, membro da coordenação clínica do Grupo de Santa Madalena e diretora clínica da unidade de Lisboa, a ambição do crescimento da empresa, com a inauguração para breve das clínicas de Leiria e Cascais, representa o reconhecimento dos seus pacientes e o fundamento para serem “ainda mais especiais”.

Ler mais 21 Março, 2019
Entrevistas