Raquel Zita: “Gosto de me ultrapassar a mim mesma”

Imagem da notícia: Raquel Zita: “Gosto de me ultrapassar a mim mesma”

Raquel Zita está entre os 100 melhores médicos dentistas do mundo, segundo o World’s Top 100 Doctors de 2020. Deslocámo-nos até ao seu consultório, no Porto, para sabermos um pouco mais sobre a sua vida profissional.

Antes de passarmos à razão do nosso encontro, a distinção do World’s Top 100 Doctors, diga-nos uma coisa: quem é a Raquel Zita?

Raquel Zita: Bem, começamos logo com uma pergunta difícil… (risos) Sou mãe, esposa e médica dentista. Sou uma pessoa bastante apaixonada pela minha profissão e gosto também muito de ensinar. Gosto de me ultrapassar a mim mesma e de ir sempre mais além, pois acho que nunca estou no nível ideal. Sou colega dos meus colegas e adoro trabalhar em equipa.

E onde trabalha atualmente?

RZ: Tenho o meu consultório, no Porto, e colaboro com muitas outras clínicas em termos que trabalho de especialidade. E é esse o futuro: as pessoas trabalharem em conjunto e serem muito boas naquilo que fazem. Temos todos de ter uma boa base para sermos bons médicos dentistas, mas é fundamental especializarmo-nos. O futuro está, sem dúvida, na especialização. Estou também ligada a alguns projetos de formação, a nível nacional e internacional.

Como foi o seu percurso depois de terminar a licenciatura?

RZ: Fiz a minha formação pós-graduada quase toda na Universidade do Porto: especialização de implantologia, entre 2003 e 2006, e mestrado, que terminei em 2004. Tive um interregno, época em que investi no trabalho clínico e na maternidade. Uns anos mais tarde comecei a participar em palestras internacionais e achei que seria interessante fazer mais qualquer coisa em termos de carreira académica, embora não estivesse ligada a nenhuma faculdade. Na altura trabalhava com algumas marcas que me pediram estudos randomizados. Como fui pedir apoio à faculdade nesse sentido, o meu orientador de mestrado sugeriu-me fazer doutoramento. Não tinha pensado nesse assunto e acabou por acontecer, juntei o útil ao agradável. Não foi fácil conciliar tudo, tendo família e trabalho, mas fui a primeira a entrar e a primeira a sair. Entreguei a tese em 2017 e defendi em 2018. Pelo meio, frequentei também pós-graduações de implantologia lá fora, na Suécia. Portanto, a minha formação é mais centrada na área da implantologia e da regeneração óssea.

Entrevista completa na DentalPro 146.

12 Março, 2020
Entrevistas

Miele Professional apresenta a solução inovadora Pay-per-use

Notice: Undefined variable: cats in /home/dentalpro/public_html/wp-content/themes/revista-codigopro-2017-v5/single.php on line 71

Notícias relacionadas

Carlos Diniz em entrevista

Com 27 anos, Carlos Diniz fundou aquele que chegou, mais tarde, a ser o maior grupo de clínicas dentárias integradas em Portugal, também com presença em Espanha. Porém, após anos de sucesso, “O meu dentista” enfrentou um processo de reestruturação que terminou em insolvência. Nada que fizesse Carlos baixar os braços. Como refere nesta entrevista à DentalPro, fez o luto e ergueu-se de novo. Fundou recentemente a DENTRAL, que se assume como uma revolução na medicina dentária e a maior aliança de clínicas dentárias.

Ler mais 22 Outubro, 2021
Entrevistas

Medika aposta na medicina dentária

A empresa Medika MCN Tecnologia Medicinal S.A sediada em Santa Maria da Feira e fundada em 2016 pelo engenheiro Nuno Vasco Pinho Andrade “assume-se como uma referência na tecnologia da saúde, contribuindo continuamente para a melhoria dos cuidados de saúde”. A DentalPro falou com Nuno Andrade sobre as novas apostas que estão a ser desenvolvidas pela empresa, nomeadamente a nível da medicina dentária.

Ler mais 29 Setembro, 2021
AtualidadeEntrevistasMateriais e equipamentosMedicina dentária

“Esta empresa dispõe de meios técnicos, logísticos, comerciais e humanos adequados para dar resposta aos clientes”

Aldina Pereira é diretora comercial da Ravagnani Dental, em França e Portugal. Já trabalhou a nível internacional na indústria de beleza, moda e banca, mas é na indústria dentária que desenvolveu a sua maior experiência. A DentalPro conversou com Aldina Pereira para perceber melhor o que envolve este projeto entre França e Portugal.

Ler mais 9 Agosto, 2021
EntrevistasRevista