Hugo Madeira: Covid-19 e o impacto na medicina dentária

Imagem da notícia: Hugo Madeira: Covid-19 e o impacto na medicina dentária

O médico dentista Hugo Madeira partilha com a DentalPro qual será o impacto da Covid-19 no ramo da medicina dentária.

“Devemos analisar os impactos por horizonte temporal e na perspetiva quer do setor, quer do paciente. Atualmente as clínicas de medicina dentária estão apenas disponíveis para urgências inadiáveis. Estamos a falar de um universo de cerca de 6.000 clínicas e de mais de 12.000 médicos. Se contarmos as assistentes e restante equipas de suporte, são algumas dezenas de milhares de profissionais e empregados diretamente afetados. Mas na ótica do paciente, o impato é igualmente elevado. Não só pela inconveniência decorrente do adiamento dos procedimentos já marcados – refira-se por exemplo que temos um peso significativo de pacientes não residentes em Portugal que já tinham as viagens marcadas –  mas igualmente pelo risco de se interromper certos planos de tratamento de saúde e funcionais, que podem colocar em causa a saúde do paciente. Daí ser muito oportuno que haja uma revisão do que deve ser considerado realmente urgente, numa perspetiva integrativa da saúde”.

Acrescenta que, “no curto a médio prazo é previsível que as clínicas voltem a reabrir. Sob restritas condições de segurança e higiene. Estas medidas vão ter um claro impacto nos custos e na capacidade operacional, mas serão fundamentais e de implementação obrigatória. No longo prazo, sinto que mesmo após a existência de uma vacina ou de medicação eficiente para o COVID-19, as pessoas vão em geral manter um muito maior preocupação com a higiene e mesmo uma interpretação mais holistica em relação à Saúde. O que estou a fazer hoje num dente pode ter impacto no meu organismo? Qual influencia a longo prazo de certa medicação que vou tomar? Todo o setor vai ter que se adaptar, não só para construir manter os mais elevados padrões de qualidade e de segurança, mas também para saber interpretar estas novas tendências”.

Não perca esta e outras opiniões na próxima edição da DentalPro.

27 Abril, 2020
Opinião

Notícias relacionadas

Até já

Crónica da médica dentista Cátia íris Gonçalves publicada na DentalPro 153/154.

Ler mais 23 Novembro, 2020
Opinião

Nélio Veiga: o ensino da medicina dentária em período pandémico

Nélio Veiga, coordenador do segundo ciclo de estudos do Curso de Mestrado Integrado em Medicina Dentária (MIMD) da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa (FMD-UCP), fala-nos sobre o ensino da medicina dentária e dos grandes desafios das universidades nesta fase de adaptação.

Ler mais 8 Outubro, 2020
FormaçãoMedicina dentáriaOpinião

Francisco do Vale: o ensino da medicina dentária em período pandémico

Francisco do Vale, coordenador do Curso de Mestrado Integrado em Medicina Dentária (MIMD) e da Área de Medicina Dentária (AMD) da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), fala-nos sobre o ensino da medicina dentária e dos grandes desafios das universidades nesta fase de adaptação.

Ler mais 6 Outubro, 2020
FormaçãoMedicina dentáriaOpinião