Exames à saliva podem ser fundamentais para prevenir cancro

Imagem da notícia: Exames à saliva podem ser fundamentais para prevenir cancro

Investigadores americanos estão a desenvolver um teste que distingue o cancro da cabeça do cancro do pescoço, por custos mais reduzidos. O “OraMark”, da Vigilant Biosciences, mede níveis específicos de biomarcadores, como também os valores de proteína numa amostra de saliva.

“A razão pela qual o cancro da cabeça e o do pescoço são geralmente diagnosticados tarde é porque podem ser interpretados como algo de uma condição mais benigna, como dores de garganta, pelo que os pacientes podem não levar tão a sério os sintomas e, assim, não se dirigir a um profissional de saúde ou então serem receitados com apenas antibióticos”, disse Elizabeth Franzmann, professora na University of Miami Leonard Miller School of Medicine e cientista chefe da Vigilant Biosciences, à Medscape Medical. Por esta razão, regressam a um consultório meses mais tarde, para realizar uma biópsia e confirmar-se o pior cenário.

O “OraMark” estipula definir o marcador CD44 na saliva, que está envolvido na proliferação e migração de células, como também indícios de tumores. Mede, igualmente, o total de proteínas, um indicador acertado da presença de cancro oral, com maior expressão na cavidade oral ou na zona da orofaringe. A técnica foi testada num grupo de controlo em ambiente hospitalar e constataram que análise ao CD44 demonstra igualmente as formas mais agressivas de cancro, tendo em conta que os pacientes com maiores indicadores de sobrevivência ou mesmo os sobreviventes tinham valores mais reduzidos que os pacientes com cancro dito mais grave.

Ainda, foi organizado um rastreio a 150 participantes comunitários, para compararem os dados recolhidos com o espaço temporal de um ano, onde iriam posteriormente participar em programas de prevenção de cancro e de nutricionismo. Os investigadores constataram que a higiene oral aumentou 95% nos pacientes, e que os valores de CD44 baixaram na ordem dos 24%.

 

13 Junho, 2016
Atualidade

Notícias relacionadas