Manuel Neves: “A medicina dentária e a ourivesaria são áreas que se tocam muito”

Imagem da notícia: Manuel Neves: “A medicina dentária e a ourivesaria são áreas que se tocam muito”

Em entrevista com a DentalPro, o médico dentista Manuel Neves partilha a sua opinião curiosa sobre a similaridade entre a medicina dentária e a ourivesaria.

DentalPro: Porquê que decidiu ser médico dentista?

Manuel Neves: Porque achei que era uma área com futuro e, para além disso, provenho de uma longa geração de ourives, uma arte muito manual e que trago comigo no sangue. Acabei por verificar que a medicina dentária e a ourivesaria são áreas que se tocam muito, principalmente em relação aos utensílios usados. Os instrumentos que usava na altura para fazer aparelhos ortodônticos, por exemplo, eram os mesmos que se usavam nas oficinas dos ourives. E, hoje, estes artistas trabalham com instrumentos exatamente iguais aos da medicina dentária… os motores com que fazem os polimentos das peças, etc., são iguais aos nossos. Portanto, a minha história familiar funde-se muito com a medicina dentária. Talvez por isso tenha sentido que tinha jeito para isto e que tinha futuro nesta área. Não estou arrependido, sinto-me muito confortável com a minha decisão. Adotei a medicina dentária como a minha profissão, aquela em que me sinto bem. Foi um acaso feliz.

Conheça a entrevista completa na DentalPro 123.

13 Abril, 2018
Entrevistas

PUBLICIDADE
Straumann

Notícias relacionadas

“O BLX é um implante fora da caixa, um verdadeiro instrumento”

Foi lançado recentemente o implante Straumann BLX, um sistema de implantes totalmente cónico, projetado para protocolos de tratamento imediato. Falámos com Ophir Fromovich, um dos seus inventores, para percebermos como funciona o implante BLX e que mais-valias trará aos pacientes.

Ler mais 9 Abril, 2019
Entrevistas

Lúcia Ramos abre nova clínica em Benfica

Com uma carreira de quase 20 anos no ramo da medicina dentária, com colaborações em vários grupos, Lúcia Ramos concretizou o sonho de abrir um espaço seu, onde a roncopatia, nutrição e pneumologia farão a diferença. O objetivo máximo, assume, é que todos se sintam confortáveis, como se estivessem na sua própria casa.

Ler mais 4 Abril, 2019
EntrevistasMedicina dentária