Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

Imagem da notícia: Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

A pesquisa – liderada pela Universidade de Cardiff, no Reino Unido – afirma que os elixires bucais que contenham 0,07% de cloreto de cetilpiridínio (CPC) estão a mostrar “sinais promissores” na redução do vírus.

De acordo com o artigo publicado pela revista Visão, os responsáveis simularam em laboratório a passagem da substância da nasofaringe para a orofaringe utilizando estes elixires. Agora, dizem que estas substâncias podem matar o novo coronavírus em apenas 30 segundos: “Embora este estudo in vitro seja muito encorajador e um passo positivo, mais pesquisas clínicas são claramente necessárias”, diz David Thomas, que lidera a investigação.

Para isso, segue-se um ensaio clínico de 12 semanas no Hospital Universitário do País de Gales para “ajudar a determinar a eficácia do elixir bucal na redução da carga viral na saliva dos pacientes”.

Saiba mais aqui.

20 Novembro, 2020
Atualidade

Notícias relacionadas

Novembro em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de novembro de 2020, segundo dados do Google Analytics.

Ler mais 2 Dezembro, 2020
Atualidade

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação, e para a campanha de educação “2 Minutos para Mudar de Vida, que recebeu o Prémio Ciência Viva Media.

Ler mais 24 Novembro, 2020
Atualidade