Saúde oral influencia raciocínio

Imagem da notícia: Saúde oral influencia raciocínio

Segundo o artigo publicado na última edição do Journal of Neurology, Neurosurgery, and Psychiatry , as pessoas com mais de 60 anos com problemas nas gengivas têm mais dificuldades em lembrar-se de uma sequência de três palavras passado algum tempo. Além disso, há o dobro de probabilidade de não passarem em testes feitos com cálculos de subtracção de números com três dígitos.

 

Os investigadores recorreram a mais de 2300 homens e mulheres para analisarem a sua saúde oral e o seu raciocínio. No geral, 5,7 por cento dos adultos exibiram problemas em completar alguns testes de memória e 6,5 por cento não conseguiram concluir os testes de subtracção.

 

Os participantes com maiores níveis de bactérias obtiveram os piores resultados nestes testes. De entre outros factores de risco para a perda de funções mentais, os investigadores destacaram as inflamações causadas em todo o corpo, devido ao mau estado da saúde oral. Outras investigações já associaram este problema com outras doenças, como a diabetes e o Alzheimer.

14 Janeiro, 2010
Atualidade

Notícias relacionadas