EFP lança campanha europeia sobre saúde oral e gravidez

Imagem da notícia: EFP lança campanha europeia sobre saúde oral e gravidez

As mulheres grávidas têm mudanças hormonais que provocam alterações na saúde oral, como é o caso da gengivite de gestação, uma inflamação das gengivas que poderá estar associada a um maior risco de outras complicações na gravidez.

Com o objetivo de ajudar a resolver este problema e de destacar a importância da saúde oral durante a gravidez, a Federação Europeia de Periodontologia (EFP, na sigla em inglês) – em colaboração com a marca Oral-B – lançou o projeto “Saúde Oral e Gravidez”, uma campanha de sensibilização em toda a Europa que inclui conselhos baseados nas últimas evidências científicas, destinada a profissionais de saúde e mulheres grávidas.

O elemento central desta iniciativa é o site www.oralhealthandpregnancy.efp.org, que contém uma grande quantidade de informações: relatórios científicos, diretrizes para profissionais de saúde oral e de medicina geral, folhetos, recomendações práticas para mulheres, bibliografia, infografias, vídeos, novidades, recursos e outros conteúdos educacionais. Todo este material – elaborado por alguns dos principais especialistas mundiais em ciência periodontal – está acessível ao público.

4 Dezembro, 2017
Medicina dentária

Notícias relacionadas

BEGO realiza webinar sobre Fotografia em Medicina Dentária

A BEGO vai realizar, no próximo dia 6 de outubro, um webinar sobre “introdução à arte na fotografia em medicina dentária”. O evento virtual vai contar com a presença de Bruno Seabra, médico dentista português e fotógrafo profissional.

Ler mais 22 Setembro, 2021
AtualidadeEventosFormaçãoMedicina dentária

Conselho Diretivo da OMD reúne no Algarve

O Conselho Diretivo da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) vai realizar a sua reunião mensal (de outubro) no Algarve. “A OMD espera assim aproximar a classe que atua no Algarve, promovendo a partilha e o convívio”.

Ler mais 21 Setembro, 2021
AtualidadeEventosMedicina dentária

Estudo da UC conclui que a diabetes dificulta o tratamento de infeções dentárias

Um estudo realizado por uma equipa do Instituto de Endodontia da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC) conclui que a diabetes dificulta a cicatrização das infeções ósseas dos maxilares de origem dentária, devido à alteração do processo de formação de novos vasos sanguíneos e consequente deficiência de irrigação sanguínea.

Ler mais 20 Setembro, 2021
AtualidadeMedicina dentária