10 anos de cheque-dentista: opinião de Mexia de Almeida

Imagem da notícia: 10 anos de cheque-dentista: opinião de Mexia de Almeida

Num artigo publicado no Health Policy, “Ten years since the 2008 introduction of dental vouchers in the Portuguese NHS”, os autores  – Jorge Simões e colaboradores – apresentam o impacto do acesso a tratamentos dentários proporcionados pela introdução, em 2008, do cheque-dentista. 

César Mexia de Almeida, professor catedrático aposentado de Medicina Dentária Preventiva e Comunitária da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, comenta algumas conclusões e propõe como medidas importantes para o progresso da saúde oral dos portugueses “a avaliação por análise multivariada de regressão do efeito dos selantes de fissuras na prevalência e na gravidade da cárie nos jovens observados nos estudos de prevalência das doenças orais da Direcção-Geral da Saúde, assim como a selecção do Coordenador Nacional de Promoção da Saúde Oral e representante nacional no Conselho Europeu de Chief Dental Officers, por meio de concurso público aberto a profissionais de saúde oral com pós-graduação em saúde oral preventiva e comunitária e ainda a introdução da observação oral anual de todos os jovens frequentando creches e jardins de infância públicos ou de IPSS e todos os níveis escolares públicos em particular das zonas desfavorecidas”.

Saiba mais na próxima edição da DentalPro.

14 Janeiro, 2019
Medicina dentáriaOpinião

PUBLICIDADE SDS | Straumann

Notícias relacionadas

Como andam as suas costas?

De acordo com um estudo publicado em 2016 pela North American Spine Society (NASS), foram apontadas as 10 profissões que mais riscos acarretam para a coluna. Os médicos dentistas ocupam o segundo lugar neste ranking.

Ler mais 14 Fevereiro, 2019
Medicina dentária