“São tempos de revolução na forma de aprender medicina dentária”

Imagem da notícia: “São tempos de revolução na forma de aprender medicina dentária”

O 29º Congresso da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) vai realizar-se, pela primeira vez, em formato online, nos dias 27 e 28 de novembro. Após o adiamento do evento, inicialmente previsto para a Exponor, em Matosinhos, de 5 a 7 de novembro, e face às condições associadas à pandemia Covid-19, o conselho diretivo da OMD decidiu apostar num evento virtual e imersivo, tornando o encontro anual de medicina dentária mais acessível a todos os profissionais. A DentalPro falou com Célia Coutinho Alves, a médica dentista que preside a comissão organizadora deste evento inédito.

O que nos pode adiantar sobre este novo conceito?

Posso adiantar que é completamente diferente de tudo o que se fez nas edições anteriores, em termos de forma. Quanto à qualidade científica e à estrutura, tudo se mantém, com a única diferença de que as interações entre congressistas, conferencistas e expositores estão à distância de um clique. A aposta recai numa plataforma virtual, desenvolvida de raiz para esta edição, através da qual o congressista pode “entrar” no ambiente do congresso sem sair de casa, da clínica ou de outro lugar. Neste evento imersivo, tal como tem acontecido nos outros anos, é possível assistir a conferências (em direto ou gravadas), explorar a Expodentária e os vários stands comerciais, bem como relaxar num meetingroom onde estarão disponíveis várias experiências. Desvendando um pouco essas experiências, posso adiantar que nesta edição temos o concurso de fotografia e a apresentação de projetos multimédia “para além da medicina dentária”, entre outras novidades.

Que mensagem gostaria de deixar a todos os colegas?

Uma mensagem de que estes são tempos de revolução na forma de aprender medicina dentária. Que o virtual e imersivo que se impôs pela pandemia, encerra em si mesmo uma imensidão de potencialidades. Que não sendo igual a estar presente num centro de congressos é uma forma de fazer perto para quem está longe, de maneira instantânea e cheia de potencialidades. Que para fazer acontecer temos de acreditar e que a energia de estarmos todos ligados vai tornar este desafio possível e vai, sem dúvida, fazer-se história.

Entrevista completa na próxima edição da DentalPro.

6 Novembro, 2020
Entrevistas

Notícias relacionadas

“Pretendemos que esta formação se situe na vanguarda”

Longínquo vai o ano de 1999, quando a base da especialização em periodontologia foi apresentada pela Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto (FMDUP). Volvidas mais de duas décadas, Ricardo Faria Almeida é o responsável pela nova pós-graduação de Periodontologia e Implantes da instituição portuense.

Ler mais 30 Março, 2021
Entrevistas

“Somos um sindicato democrático”

Em 2010, a DentalPro conversou com António Roseiro, o presidente do primeiro Sindicato dos Médicos Dentistas, instituição que acabou por desaparecer. Uma década depois, é constituído um novo organismo, o Sindicato dos Médicos Dentistas Português (SMDP), e não pudemos deixar de dar voz a João Neto, o seu membro fundador número um e presidente da assembleia-geral.

Ler mais 11 Janeiro, 2021
Entrevistas

“O nosso foco é a digitalização da ortodontia invisível”

Fundada em 2019, a Impress é uma rede de clínicas espanhola especializada em ortodontia invisível que aposta num serviço exclusivamente digital. Após uma primeira consulta presencial, os médicos dentistas fazem todo o acompanhamento dos pacientes através de uma app. Por meio de uma videochamada com Diliara Lupenko, cofundadora e Chief Operating Officer (COO) da Impress, ficámos a conhecer melhor este projeto.

Ler mais 31 Dezembro, 2020
Entrevistas