Empresas com colaboradores sujeitos a Radiações Ionizantes devem realizar consulta de Medicina no Trabalho e fazer exames de diagnóstico

Imagem da notícia: Empresas com colaboradores sujeitos a Radiações Ionizantes devem realizar consulta de Medicina no Trabalho e fazer exames de diagnóstico

Tem surgido, nos últimos tempos, algum debate sobre as empresas com trabalhadores sujeitos a radiações ionizantes, nomeadamente na aptidão para o trabalho dos referidos trabalhadores aquando da certificação das entidades empregadoras por parte da APA – Agência Portuguesa do Ambiente. Dessa forma, a Medilogics desenvolveu um serviço de Saúde Ocupacional abrangente para estas atividades, que dá resposta às exigências da APA contemplando, para além da Consulta com o Médico de Medicina do Trabalho, um conjunto de exames auxiliares de diagnóstico vasto e completo.

O programa de vigilância da saúde para trabalhadores expostos a radiação tem como objetivos a prevenção e controle de possíveis patologias induzidas por esta.

A deteção de determinados sintomas e sinais, a identificação de fatores concomitantes, o despiste e diagnóstico precoce de determinadas alterações, facilita uma adequada e rápida intervenção de forma que se previna o aparecimento de certas patologias, também evitando que se possa agravar patologias previamente existentes.

A vigilância médica consiste num exame clínico convencional, apoiado em exames complementares de diagnóstico.

Os riscos são componentes de avaliação, como o biológico pela exposição e o uso de corto-perfurantes, bem com a leitura dos dosímetros pela exposição às radiações ionizantes, estando estes trabalhadores na categoria B de exposição em avaliação em saúde ocupacional.

O risco biológico presente obriga à recomendação do plano de vacinação para a proteção da hepatite B e o acidente de trabalho com procedimentos no âmbito do despiste da infeção pela hepatite C e HIV. São recomendadas avaliação analítica sumária com hemograma e bioquímica com a função tiroideia também a executar bem como o despiste de catarata junto da oftalmologia.

O risco de exposição à radiação ionizante obriga ao planeamento da verificação periódica dos dosímetros (3 meses) com conhecimento ao médico do trabalho destes valores.

Assim, para colaboradores expostos a radiações ionizantes, a aptidão médica para ser outorgada pelo Médico do Trabalho necessita ser suportada num conjunto de exames auxiliares de diagnóstico.

A Medilogics, empresa autorizada para este risco elevado – riscos elevados DGS, alínea I – apresenta um serviço que contempla a consulta de Medicina no Trabalho e ainda Análises ao sangue (com hemograma, serologia vírica e marcadores tiroideos), radiografia ao Tórax e à coluna cervical, dorsal e lombar.

“Prosseguindo o nosso lema, Empresas Saudáveis, estamos ao seu dispor para ajudar a enquadrar devidamente estas atividades em termos de Saúde Ocupacional e os colaboradores afetos às mesmas”, diz a empresa.

30 Abril, 2021
AtualidadeConteúdo patrocinado

Notícias relacionadas

“Cuidar das pessoas foi o pedido nº1 da Straumann”

Depois de um ano fora do seu habitat natural, voltou para o setor da medicina dentária com a mochila cheia de soft skills, que guarda com carinho. Os caminhos que percorre há mais de 15 anos no setor levam-no, desde o início de 2021, a palmilhar ainda mais quilómetros. A distância entre Madrid e Portugal pode ser pequena, mas a vontade em superar os objetivos é grande. Considera-se um insider que vê a segmentação e a organização da empresa como prioridades. Fomos conhecer, o novo General Manager Iberia do Grupo Straumann, António Moutinho.

Ler mais 14 Maio, 2021
AtualidadeRevista

Mundo A Sorrir procura voluntários com formação na área da saúde

A ONG Mundo A Sorrir está à procura de novos voluntários com formação na área da saúde, ou que se encontram no último ano do curso, para integrar os projetos desenvolvidos em Portugal e nos Países de Língua Oficial Portuguesa, nomeadamente em Cabo-Verde, na Guiné-Bissau e em São Tomé e Príncipe.

Ler mais 14 Maio, 2021
Atualidade

EuroPerio10 com programa anunciado para 2022

Foi anunciado o programa científico para o congresso EuroPerio10, que vai decorrer em Copenhaga em junho do próximo ano. O evento vai reunir importantes investigadores, clínicos e académicos de todo o mundo.

Ler mais 13 Maio, 2021
AtualidadeEventos