Evenings by SDS

Imagem da notícia: Evenings by SDS



O fim de tarde solarengo pintou o hotel Sheraton, no Porto, com traços de luminosidade intensa. À medida que os cerca de 100 médicos dentistas afluíam à sala de conferências, Cristina Cunha, responsável da Same Day Solutions (SDS), explicava o objectivo da ‘tournée’ de apresentação do Laser-Lok®, o último avanço em estética a longo prazo da BioHorizons. “O conceito Evenings foi criado pela BioHorizons e a SDS adaptou-o ao contexto português. O propósito é, tão simplesmente, permitir a partilha de experiências, num espaço onde as pessoas se sintam bem e num horário com menos trabalho”.

O Porto recebeu os especialistas João Pimenta, Miguel Stanley e Ricardo Alho, que colocaram em destaque a inovação que reside na tecnologia Laser-Lok®. Esta novidade consiste num tratamento de superfície a laser de dois milímetros no colar do implante, promovendo a proliferação guiada das células do epitélio. Deste modo, gera-se uma selagem mecânica e uma adesão do tecido conjuntivo, que impedem a migração das células epiteliais e inibem a sua invaginação e a reabsorção óssea. A superfície Laser-Lok® foi pensada para impulsionar a manutenção do osso e a união dos tecidos ao nível do colar do implante. É igualmente importante na retenção da crista óssea e retarda a regressão epitelial, garantindo assim a estética a longo prazo.

  

“Mudança de paradigma”

Miguel Stanley inicia a sua apresentação perante o auditório preenchido referindo a “mudança de paradigma” que o Laser-Lok® acarreta, já que se assume com uma ferramenta ao dispor de “todos aqueles que perseguem a perfeição estética”. Em conversa com a DentalPro à entrada para a conferência, João Pimenta descreve a sua experiência com estes implantes como “bem sucedida, apesar dos ainda poucos meses de utilização”.

Os microcanais Laser-Lok® exibem-se como uma série de estrias a laser de oito e 12 microns posicionadas no colar dos implantes dentários BioHorizons. Esta tecnologia exclusiva e patenteada optimiza a aderência tanto dos tecidos duros, como dos moles. Resultantes de 15 anos de Investigação & Desenvolvimento, estes microcanais possibilitam implantes mais seguros e estáveis.

 

Duas gerações em palco

O encontro no hotel Sheraton colocou em confronto duas gerações de dentistas. João Pimenta, Miguel Stanley e Ricardo Alho referem, contudo, a vontade de “partilhar experiências com todos os presentes”. Evocando o aumento de 30 por cento nas vendas de implantes nos últimos anos, Miguel Stanley afirma que “somos o país civilizado mais desdentado do mundo” e, por essa razão, “há espaço para todos, mesmo que só 10 por cento da população portuguesa vá ao dentista”. “A qualidade é sempre recompensada”, analisa. João Pimenta faz a ponte com o futuro e indica o caminho da implantologia. “No futuro próximo, os implantes revestidos com proteínas morfogenéticas marcarão as tendências”. Miguel Stanley prognostica a omnipresença das máquinas. “Daqui a cinco ou dez anos, um recém-licenciado poderá fazer casos completos só com o auxílio de um computador”, antecipa.

Depois de Anne Swart, Cris Piessens e Daniel Dieb em Vilamoura, Evenings by SDS regressa em Janeiro a Lisboa para concluir esta jornada. Para a edição de encerramento da iniciativa são esperados os especialistas Diogo Líbano Monteiro, Miguel Stanley e o investigador em biomateriais da Universidade de Nantes, em França, Guy Daculsi.

14 Julho, 2009
Atualidade

PUBLICIDADE SDS | Straumann

Notícias relacionadas