Nova OMD expõe prioridades

Imagem da notícia: Nova OMD expõe prioridades

O Palácio da Foz, em Lisboa, acolheu mais de uma centena de convidados para a tomada de posse dos novos órgãos sociais da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) para 2010/2012.

 

A nova direcção apresentou os principais desafios e metas numa cerimónia intimista, que contou com a presença institucional do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Manuel Pizarro, que garantiu o alargamento do Programa Nacional de Saúde Oral a outros grupos da população no próximo Orçamento de Estado.

 

O bastonário, Orlando Monteiro da Silva, congratulou-se com a iniciativa, mas não deixou de apontar o combate ao actual excesso de médicos dentistas como uma das prioridades deste mandato. Na passagem de testemunho a João Caramês, Gil Alcoforado, presidente da Assembleia-geral cessante, salientou também as “condições precárias, quase desumanas, em que alguns dos nossos colegas são contratados”.

 

No seu primeiro discurso oficial, o actual presidente da assembleia instigou os colegas a “manifestar-se livremente” no seio deste órgão. O presidente reeleito do Conselho Deontológico e de Disciplina, João Aquino, destacou ainda o “serviço ao paciente” como a essência da profissão”, sem deixar de elogiar a”equipa de excelência” que o acompanha.

 

20 Janeiro, 2010
Atualidade

Notícias relacionadas

Novembro em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de novembro de 2020, segundo dados do Google Analytics.

Ler mais 2 Dezembro, 2020
Atualidade

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação, e para a campanha de educação “2 Minutos para Mudar de Vida, que recebeu o Prémio Ciência Viva Media.

Ler mais 24 Novembro, 2020
Atualidade

Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

A pesquisa – liderada pela Universidade de Cardiff, no Reino Unido – afirma que os elixires bucais que contenham 0,07% de cloreto de cetilpiridínio (CPC) estão a mostrar “sinais promissores” na redução do vírus.

Ler mais 20 Novembro, 2020
Atualidade