Objectivos para a saúde

Imagem da notícia: Objectivos para a saúde

O documento Grandes Opções do Plano (GOP), que inclui os objectivos do executivo até 2013, contempla um amplo investimento para a saúde, fazendo da produtividade uma forte base de sustentação.O destaque, no que se refere à medicina dentária, vai para o alargamento dos cheques-dentista a outros grupos da população, em especial as crianças e adolescentes entre os quatro e os 16 anos.

Uma das medidas mais sonantes relaciona-se com a distribuição de incentivos aos gestores do Serviço Nacional de Saúde, se demonstrarem um desempenho excepcional. Esta ‘performance’ será avaliada, entre outros factores, pela redução dos prazos de pagamento a fornecedores.

No plano, contempla-se ainda o crescimento a todo o território nacional das Unidades de Saúde Familiar. O alargamento da Rede Nacional de Cuidados Integrados também está previsto, como consequência do envelhecimento da população. Neste ponto, o executivo incluiu a revisão do Plano Nacional para os Cuidados Paliativos.

Ao nível das infra-estruturas hospitalares, o GOP aponta para a requalificação do parque hospitalar com mais intervenções pelo país. Serão paralelamente edificados, a partir de 2010, os Hospitais de Vila Franca, Lisboa Oriental, Algarve e Évora. Prosseguem ainda os processos relativos aos Hospitais de Vila Nova de Gaia/Espinho, Póvoa de Varzim/Vila do Conde, Seixal, Oeste Norte, Sintra, IPO de Lisboa e Centro de Medicina Física e Reabilitação do Norte.

 

 

8 Março, 2010
Atualidade

Notícias relacionadas

Webinar: “Medicina orofacial e oftalmologia”

É já amanhã (15 de abril), que decorre o XI Webinar gratuito, de Medicina orofacial e oftalmologia, um evento que conta com o apoio da Associação Portuguesa de Medicina Dentária Hospitalar (APMDH) e do Núcleo de Formação e Investigação em Cirurgia, Implantologia e Reabilitação Oral.

Ler mais 14 Abril, 2021
AtualidadeEventosFormação