Dentadura de Churchill arrematada por 21.500 euros

Imagem da notícia: Dentadura de Churchill arrematada por 21.500 euros

A dentadura do ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill, também chamada de “os dentes que salvaram o mundo” em 1939-45, foi arrematada por cerca de 18 mil libras (21.500 euros), três vezes mais que o estimado.

A prótese, criada especialmente para contornar a famosa pronúncia “afectada” de Churchill, foi adquirida por um coleccionador britânico, anunciou um porta-voz da casa de leilões Keys of Aylsham em Norfolk.

O vendedor da inusitada peça foi Nigel Cudlipp, filho do protético que fabricou a célebre dentadura. Numa entrevista à BBC, Cudlipp contou que Churchill tinha o costume de afastar a dentadura com o dedo, num gesto de raiva, quando as notícias da frente de batalha na II Grande Guerra não eram boas.

O estadista possuía quatro próteses. Uma delas acompanhou-o para o túmulo, a outra esteve exposta num museu londrino, sob a designação “os dentes que salvaram o mundo”, e a terceira foi fundida.

 

 

3 Agosto, 2010
Atualidade

Notícias relacionadas