Efeitos secundários de medicamento oral para esclerose múltipla em análise

Imagem da notícia: Efeitos secundários de medicamento oral para esclerose múltipla em análise

De acordo com a Agência Lusa, o Centro Hospitalar de São João, no Porto, enviou ao Infarmed uma notificação de suspeita de efeito secundário potencialmente fatal de um medicamento oral para esclerose múltipla.

Em resposta a questões colocadas pela Lusa, fonte do conselho de administração do Centro Hospitalar de São João esclareceu que, na semana passada, foi efetuada a “notificação de suspeita de efeito adverso potencialmente fatal” do Fingolimod, substância ativa do primeiro fármaco oral para a esclerose múltipla.

A notificação foi enviada devido ao caso de um doente, utilizador do medicamento em causa, que veio a morrer naquela instituição hospitalar, sem que se saiba, ainda, se esse acontecimento esteve, ou não, relacionado com a toma do fármaco.

8 Junho, 2012
Atualidade

Notícias relacionadas