Osteonecrose pode ser tratada com diamantes

Imagem da notícia: Osteonecrose pode ser tratada com diamantes

Investigadores da University of California, Los Ageles School of Dentistry, em colaboração com a Northwestern University e o NanoCarbon Research Institute, estudam a possibilidade de utilizar estas minúsculas partículas de diamante para melhorar o crescimento do osso e combater a osteonecrose, doença no qual o osso parte devido à reduzida corrente sanguínea.

Falar e comer podem-se tornar tarefas impossíveis para o paciente, tal como restringir a ação de implantes previamente colocados.

Para combater a doença, seguem-se várias operações penosas para o paciente e caras.

Neste as operações de reconstrução óssea, os dentistas utilizam uma espécie de esponja para introduzir proteínas.

A equipa descobriu que os nanodiamantes conseguem ser mais eficazes nesta tarefa que outro método mais tradicional, pois ligam-se mais rapidamente às proteínas reconstrutoras e fator de crescimento de fibroblasto.

A superfície única dos diamantes permite que as proteínas sejam a administradas mais devagar e de forma não invasiva (através de uma injeção ou enxaguamento oral), o que faz com que a área de introdução fique sob tratamento mais tempo.

O estudo pode ser encontrado ‘online’ no Journal of Dental Research.

19 Setembro, 2013
Atualidade

Notícias relacionadas