Bactéria oral pode estar associada a problemas cerebrais

Imagem da notícia: Bactéria oral pode estar associada a problemas cerebrais

Investigadores americanos afirmam que uma bactéria oral pode estar associada ao risco de contrair Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Robert Friedland e Mary Rudd, da Universidade de Louisville, Kentucky, publicaram recentemente no jornal Scientific Reports a sua teoria, assente na observação de pacientes com AVC hemorrágico no Centro Cerebral e Cardiovascular de Osaka, Japão.

Constataram que 26% dos doentes tinham presente na saliva a Streptococcus mutans, agente que provoca geralmente cáries. Em pacientes com tipos diferentes de AVC, seis% apresentaram resultados positivos para a presença da bactéria em questão.

Os investigadores avaliaram igualmente os resultados de ressonâncias magnéticas dos doentes de AVC, pelo que constataram que os portadores da Streptococcus mutans tinham maior presença de micro hemorragias cerebrais, causadoras de casos de demência.

Os cientistas colocam a hipótese de a bactéria poder influenciar o aumento de pressão arterial, conforme o avanço da idade.

“Este estudo revela que a saúde oral é importante para a saúde cerebral. As pessoas precisam de ter a noção de que têm de cuidar dos dentes, pois não só é bom para o seu cérebro mas também para o coração”, disse Robert Friedland em comunicado.

7 Março, 2016
Atualidade

Notícias relacionadas

IDS 2021: cerca de 830 empresas expositoras de 56 países

O International Dental Show (IDS) abre suas portas pela 39ª vez de 22 a 25 de setembro de 2021 e caracteriza-se pelo novo posicionamento para a indústria odontológica internacional: desempenhar um papel fundamental no reinício bem-sucedido do mercado.

Ler mais 27 Julho, 2021
AtualidadeMedicina dentária