Investigadores da FMUP premiados na área da ortodontia

Imagem da notícia: Investigadores da FMUP premiados na área da ortodontia

Quatro investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), integrados nas formações pós-graduadas em Ortodontia, foram distinguidos durante o XXIII Congresso da Sociedade Portuguesa de Ortodontia, que decorreu em Peniche entre os dias 29 de setembro e 1 de outubro.

O docente Roberto Fernandes e a estudante Ivone Lima foram galardoados com o 1º e 2º prémios para Melhor Comunicação Oral, pela apresentação dos trabalhos intitulados “Brackets autoligáveis e filosofia bioprogressiva de Ricketts: sinergias no tratamento de um caso clínico de classe II divisão 2” e “Assimetria facial: a importância da complementaridade dos dados de diagnóstico”, respetivamente.

Andreia Fonseca e Inês Coutinho, também da FMUP, venceram o 1º e 2º Prémios para o Melhor Poster, subordinados aos temas “Tratamento de Classe II Divisão 1 em duas fases: Bionator + Aparelho Fixo” e “Tratamento das Fraturas do Côndilo Mandibular em Idade Pediátrica”.

José Manuel Amarante, diretor dos cursos de pós-graduação na área de Ortodontia da FMUP, congratula-se pelos resultados obtidos por estes estudantes e recorda que “já é tradição que os investigadores de Ortodontia desta Faculdade se destaquem neste congresso”.

Saiba mais aqui.

 

7 Outubro, 2016
Atualidade

Notícias relacionadas

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação, e para a campanha de educação “2 Minutos para Mudar de Vida, que recebeu o Prémio Ciência Viva Media.

Ler mais 24 Novembro, 2020
Atualidade

Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

A pesquisa – liderada pela Universidade de Cardiff, no Reino Unido – afirma que os elixires bucais que contenham 0,07% de cloreto de cetilpiridínio (CPC) estão a mostrar “sinais promissores” na redução do vírus.

Ler mais 20 Novembro, 2020
Atualidade