Relação entre má higiene oral e disfunção erétil?

Imagem da notícia: Relação entre má higiene oral e disfunção erétil?

Um estudo publicado no Journal of Sexual Medicine diz que sim. “Uma má higiene oral leva frequentemente ao aparecimento de gengivite, aumentando dessa forma a probabilidade de os homens virem a sofrer de disfunção erétil”.

A equipa de investigadores da Universidade Jinan, na China, analisou a relação entre a dentição e a performance sexual em 213,076 homens. Os cientistas apuraram que os indivíduos afetados por gengivite apresentavam uma probabilidade 2,85 mais elevada de serem igualmente afetados por disfunção erétil.

Crê-se que a gengivite contribua para a redução de hormonas sexuais como a testosterona e para o aumento da inflamação do organismo. Tal como a impotência, foi também associada ao funcionamento deficitário dos vasos sanguíneos.

O líder do estudo, o professor Xincai Zhou, afirmou que “a higiene dentária deve ser uma preocupação dos clínicos que tratam pacientes com disfunção erétil”.

9 Janeiro, 2019
Medicina dentária

PUBLICIDADE
Straumann

Notícias relacionadas

88% dos médicos dentistas não tem salário fixo

O estudo “Diagnóstico à Empregabilidade”, realizado pela consultora independente QSP, mostra que 88% dos médicos dentistas que trabalham por conta de outrem tem uma remuneração variável e a maioria (69%) aufere entre 30% a 49% do valor dos tratamentos.

Ler mais 22 Maio, 2019
AtualidadeMedicina dentária

Mundo A Sorrir e Entrajuda reativam projeto Dr. Risadas

A Mundo A Sorrir e a instituição Entrajuda reativaram o projeto Dr. Risadas com o apoio do Prémio BPI Capacitar 2018, com o objetivo de reduzir as doenças mais prevalentes na cavidade oral das crianças e jovens com necessidades de saúde especiais.

Ler mais 21 Maio, 2019
Medicina dentária