Novo confinamento: dentistas podem abrir portas

Imagem da notícia: Novo confinamento: dentistas podem abrir portas

O Governo já anunciou as medidas do novo confinamento geral para um combate necessário ao avultado número de infetados com Covid-19. Na generalidade, voltam a ser aplicadas as regras do primeiro confinamento, mas com novas exceções. É o caso da medicina dentária. As clínicas e os consultórios vão manter-se abertos. Segundo informação do Governo, transmitida ao país esta quarta-feira, os “estabelecimentos onde se prestem serviços médicos ou outros serviços de saúde e apoio social, designadamente hospitais, consultórios e clínicas, clínicas dentárias e centros de atendimento médico-veterinário com urgência, bem como aos serviços de suporte integrados nestes locais” poderão estar abertos, sob condições estritas de segurança.

A Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) já tinha vincado a sua posição caso o Governo viesse a decretar um novo confinamento geral no país. “Os médicos dentistas são das classes profissionais mais bem preparadas para lidar com a pandemia. Têm grande experiência no controlo de infeções e, apesar da medicina dentária ser considerada uma das profissões de maior exposição ao vírus SARS-CoV-2, o número de casos de Covid-19 em médicos dentistas é muitíssimo reduzido, quer em Portugal quer nos restantes países da Europa ou nos EUA. Se em março, aquando do primeiro confinamento, o conhecimento do vírus SARS-CoV-2 era parco, hoje os médicos dentistas dispõem de informação e conhecimentos suficientes para garantir a segurança dos seus doentes. A falta de equipamentos de proteção individual, que tanto afetou todo o setor da saúde no início da pandemia, também está resolvida”. Para Miguel Pavão, bastonário da OMD, “o empenho de todos os profissionais de saúde é determinante para que consigamos salvar vidas. Os médicos dentistas estão preparados para continuar a dar o seu contributo e continuarem a receber a garantia dos seus doentes e dos portugueses. Com responsabilidade e civismo, pois controlar a pandemia depende de todos”.

Portugal continental entra num novo confinamento geral às 00h00 de 15 de janeiro, já esta sexta-feira. Está assim instituído o dever de recolhimento domiciliário.

14 Janeiro, 2021
Atualidade

Notícias relacionadas

Medicina dentária: pandemia indica que setor tem de se adaptar

A medicina dentária precisa de preparar para futuras crises, conclui um estudo feito pela Al-Quds University em Jerusalém, juntamente com o Ministério da Saúde Palestiniano em Ramala e a Universidade de Iowa (Iowa, Estados Unidos da América).

Ler mais 21 Abril, 2021
AtualidadeMedicina dentária