“Porque vale a pena investir em qualidade”

Imagem da notícia: “Porque vale a pena investir em qualidade”

DentalPro: O que significam 36 anos de história no mercado?

Vítor Ferro: O nosso lema é “Porque vale a pena investir em qualidade!”. Os nossos equipamentos, consumíveis e serviços têm por base essa premissa. Nós existimos para concretizar a ambição de todos aquele que querem abrir o seu próprio consultório ou actualizar as suas instalações, com toda a responsabilidade que esse trabalho obriga. Nestes anos desenvolvemos relações que perduram, o que prova a confiança que os clientes depositam em nós.

DP: O último desafio da empresa passou pela entrada no ramo dos consumíveis. O que é que a Montellano acrescenta neste mercado altamente competitivo?

VF: A grande diferença que podemos marcar nesta área é no serviço prestado. E aí a Montellano ostenta uma plataforma logística que garante uma resposta num prazo máximo de 48 horas em 100 por cento dos produtos comercializados. A nossa estratégia de ‘pricing’ revela-se, igualmente, auspiciosa, já que defendemos um preço, um produto. Considero importante desmarcar-nos de uma política de promoções em grandes quantidades, em que o médico vê-se na obrigação de gerir o próprio ‘stock’, que é uma tarefa que compete às empresas de material. Outro elemento que nos distingue está patente na estratégia de comunicação. A Montellano exibe o rosto dos seus colaboradores, para que os nossos clientes conheçam a voz do outro lado da linha telefónica. O quadro de colaboradores da Montellano revela uma extrema estabilidade, porque, para nós, a empresa são as pessoas.

DP: Na área dos equipamentos apresentam uma clara diferença, ao apostar nas marcas europeias…

VF: Todos os equipamentos são bons, depende do que se vai fazer com eles. Compete aos comerciais a actuar no terreno proceder ao levantamento das necessidades do médico e adiantar-lhe as opções mais vantajosas. Também neste campo, os factores que nos distinguem são o serviço e o apoio da nossa equipa comercial e a elevada preparação dos nossos técnicos. Neste caso, o ‘stock’ também desempenha um papel crucial, já que ter, ou não, as peças necessárias à reparação implica maior ou menor rapidez de resposta. Ao oferecer um segmento ‘premium’, a Montellano pode dar estas garantias.

Vítor Manuel Garcia Ferro nasce a 14 de Junho de 1970, em Lisboa. Com formação em prótese dentária, inicia-se no mercado de trabalho ainda jovem. Frequenta vários cursos de formação nas áreas comercial, do marketing e de liderança em instituições de ensino como o Instituto Superior de Psicologia Aplicada de Lisboa, a Universidade Católica e a Escola de Direcção e Negócios. Ingressa na Montellano na angariação de clientes para o laboratório de prótese e para a área de equipamentos. Simultaneamente, amplia a sua formação com os cursos realizados nas marcas que comercializa. De chefe de vendas passa a director comercial e actualmente assume a direcção-geral da empresa. Há 20 anos na Montellano, Vítor Ferro é movido pelos desafios constantes. “É tudo tão dinâmico que me motiva e me mantém sempre ocupado”, elogia.


Leia esta entrevista na íntegra na próxima Revista DentalPro nº 25

30 Abril, 2010
Entrevistas

Miele Professional apresenta a solução inovadora Pay-per-use

Notice: Undefined variable: cats in /home/dentalpro/public_html/wp-content/themes/revista-codigopro-2017-v5/single.php on line 71

Notícias relacionadas

“Há uma distorção da concorrência no setor”

António Morais, responsável pela Scannface Digital Dentistry, mostra numa entrevista conjunta com Sérgio Almeida, responsável da Planmeca, que nestes tempos de pandemia a “perceção da realidade e a realidade andam de candeias às avessas”.

Ler mais 5 Janeiro, 2022
AtualidadeEntrevistasMateriais e equipamentosMedicina dentária

“Estamos a assistir a uma verticalização no modelo de negócio”

Licenciado em Economia pela NOVA SBE, Carlos Diniz fundou recentemente a DENTRAL, empresa que se assume "revolucionária" na medicina dentária e a "maior aliança" de clínicas dentárias. Carlos Diniz analisa o panorama atual do setor em Portugal, numa entrevista à DentalPro.

Ler mais 6 Dezembro, 2021
AtualidadeEntrevistasMedicina dentáriaRevista