“A nossa ambição é ter em cada cliente um parceiro”

DentalPro: O que é a Fadente?

Luís Gomes: É um projecto extremamente interessante, que conta com o suporte da Proclinic, líder incontestável de mercado em Espanha já há vários anos. E isto confere-nos uma consistência verdadeiramente fantástica. Portanto, quando recebi o convite não hesitei e embarquei neste desafio. A nossa ambição é ter em cada cliente um parceiro, em que o sucesso de um será o sucesso do outro.

DP: E quais as vossas “armas” para atingir esse sucesso?

LG: Apostamos na qualidade e no acompanhamento pós-venda, marcando uma abordagem de profissionalismo. A imagem dos nossos catálogos distingue-se pela estética apurada e, pelo conceito de moda inerente, associa-se ao conceito da Fadente, que se caracteriza pela oferta de um serviço diferenciado, promovendo equipamentos onde a qualidade e a fiabilidade são as palavras-chave.

DP: E como define a receptividade dos médicos dentistas a esta nova proposta?

LG: Temos tido uma receptividade bastante positiva. Como optamos por um segmento alto, queremos mostrar ao cliente as vantagens de investir em qualidade. O dentista passa mais tempo no consultório do que na sua própria casa e isso exige uma atenção redobrada às condições de ergonomia. A Planmeca, neste âmbito, possui opções de referência. Não é por acaso que os clientes Planmeca dificilmente mudam para outro equipamento, já que sabem valorizar esta comodidade de trabalho.

DP: A Planmeca assume-se como uma prioridade?

LG: Sim, esta insígnia constitui a nossa grande aposta. No mercado europeu, a Planmeca detém uma forte presença. É um excelente equipamento, com aparelhos de radiologia fantásticos. A Planmeca contempla uma gama muito vasta de opções, desde o sensor digital, ao ortopantomógrafo digital ou aos aparelhos 3D com várias dimensões de volume, abrindo portas à realização de um simples implante ou a uma reabilitação total.

DP: E quanto ao restante portfolio de produtos?

LG: A nível de equipamentos detemos a Planmeca e a Fedesa. Nas outras áreas, conta mos com a linha de esterilização da Tecnogaz, com os instrumentos rotatórios da W&H e com muitas outras novidades relacionadas com a ergonomia, proporcionando mais e melhores condições de trabalho aos profissionais.

 

Leia esta entrevista na íntegra na próxima edição da revista DentalPro.

14 Setembro, 2010
Entrevistas

Notícias relacionadas

“Pretendemos que esta formação se situe na vanguarda”

Longínquo vai o ano de 1999, quando a base da especialização em periodontologia foi apresentada pela Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto (FMDUP). Volvidas mais de duas décadas, Ricardo Faria Almeida é o responsável pela nova pós-graduação de Periodontologia e Implantes da instituição portuense.

Ler mais 30 Março, 2021
Entrevistas

“Somos um sindicato democrático”

Em 2010, a DentalPro conversou com António Roseiro, o presidente do primeiro Sindicato dos Médicos Dentistas, instituição que acabou por desaparecer. Uma década depois, é constituído um novo organismo, o Sindicato dos Médicos Dentistas Português (SMDP), e não pudemos deixar de dar voz a João Neto, o seu membro fundador número um e presidente da assembleia-geral.

Ler mais 11 Janeiro, 2021
Entrevistas

“O nosso foco é a digitalização da ortodontia invisível”

Fundada em 2019, a Impress é uma rede de clínicas espanhola especializada em ortodontia invisível que aposta num serviço exclusivamente digital. Após uma primeira consulta presencial, os médicos dentistas fazem todo o acompanhamento dos pacientes através de uma app. Por meio de uma videochamada com Diliara Lupenko, cofundadora e Chief Operating Officer (COO) da Impress, ficámos a conhecer melhor este projeto.

Ler mais 31 Dezembro, 2020
Entrevistas