“A arquitetura dos sorrisos encanta-me”

Imagem da notícia: “A arquitetura dos sorrisos encanta-me”

Inês Anselmo Assunção, médica dentista há 25 anos, confidenciou-nos em entrevista o que a levou a dedicar-se à ortodontia.

DentalPro: O que a fez dedicar-se à medicina dentária, mais concretamente à ortodontia?

Inês Anselmo Assunção: Desde pequena que queria ser médica. Gosto de medicina e depois, mais tarde, vi na medicina dentária uma arte. O sorriso é o cartão de visita de uma pessoa, e a arquitetura dos sorrisos encanta-me.

DP: Que ambições tem para o futuro da sua carreira e do setor?

IAA: É muito bom gostar do que se faz. Espero continuar a sentir a motivação que me tem movido durante estes anos de carreira. A medicina dentária é uma profissão que tem sofrido uma evolução enorme nos últimos anos, por isso pretendo continuar a estudar e a inovar, mantendo-me a par das tendências e novidades de forma a conseguir para os meus doentes o melhor resultado possível, permitindo que consigam a estética que desejam e a saúde oral que é indispensável à qualidade de vida. Em relação ao setor, penso que os mais novos atravessam mais dificuldades. Vejo pela minha filha mais velha, que está a terminar o curso de medicina dentária. Devia haver mais apoio. Quando eu acabei, por exemplo, começávamos logo a trabalhar a convite de alguém. Iam buscar-nos à faculdade. Os novos profissionais, hoje, saiem para um mercado de trabalho saturado e com poucas oportunidades. Acho que a Ordem dos Médicos Dentistas tem de pensar em novas formas de apoiar e integrar os novos médicos dentistas portugueses. É com agrado que vejo as medidas tomadas para a integração de medicina dentária no Sistema Nacional de Saúde.

Entrevista completa na DentalPro 99.

 

7 Julho, 2016
Entrevistas

Notícias relacionadas

Nasceu o laboratório Pedro Estadão Dental Studio

Pedro Chora Estadão abraçou, no início do ano, a responsabilidade técnica dos laboratórios Labimplant e Marum-Tecnidente do grupo Instituto de Implantologia. No entanto, a situação gerada pela pandemia de Covid-19 alterou os seus planos, terminando assim a sua ligação a João Caramês e encetando um novo desafio profissional: a criação do seu próprio laboratório, o Pedro Estadão Dental Studio.

Ler mais 2 Setembro, 2020
EntrevistasPrótese dentária