“Queremos provocar um ponto de viragem na medicina dentária”

Imagem da notícia: “Queremos provocar um ponto de viragem na medicina dentária”

Os médicos dentistas António de Sousa, João Braga, João Pimenta, Nuno Ventura, Ricardo Rainha e Rui Paiva criaram a plataforma Fazer Dentária, com o objetivo principal de alterarem o rumo da profissão em Portugal. Em entrevista à DentalPro, afirmaram que “neste grupo embrionário tudo é límpido e claro” e que não conspiram na “escuridão dos medíocres”. “O que temos a dizer está ao alcance de todos e, se nos chamam de populistas, incapazes e mal informados, responderemos com a liberdade de quem nada deve e de quem tem uma vida exemplar a todos os níveis. A nós só nos interessa a dignidade e a defesa dos altos valores éticos e profissionais. Somos o FAZER DENTÁRIA! E este grupo somos todos os que querem mudar e fazer a mudança”.

Porquê decidiram unir-se e criar o Fazer Dentária?
Porque o panorama atual inquieta-nos e convergimos espontaneamente nessa inquietude. Contrariamente ao que alguns pensam, não tivemos nem temos uma estratégia de formação como grupo. Teremos obrigatoriamente uma estratégia de ação com o decorrer do tempo. Achámos que estava mais do que na altura de dizer “basta!”.

De facto, transitaram do verbo “pensar” para o “fazer”. O que é que já fizeram para “engrandecer e dignificar a profissão em Portugal”, como afirmam no vosso site?
Este grupo do Fazer Dentária tem uma perspetiva de atuação a médio prazo. As coisas não surgem facilmente do nada. Da nossa parte, cada um de nós se envolveu desde cedo na vida académica enquanto estudantes, seja nas respetivas associações de estudantes, comissões de curso ou de organizações de congressos. Nestes últimos tempos, julgamos poder afirmar que a nossa atuação despertou o interesse de milhares de colegas que sentimos estavam inquietos com tamanha apatia que nos rodeia. Nos tempos do “Pensar” identificaram-se os problemas. Hoje apontamos soluções para problemas concretos. Temos plena consciência que a situação se vem degradando mas que terá solução. Estamos em tempos de motivação e reflexão.

Não perca toda a entrevista numa das próximas edições.

7 Junho, 2017
Entrevistas

Miele Professional apresenta a solução inovadora Pay-per-use

Notice: Undefined variable: cats in /home/dentalpro/public_html/wp-content/themes/revista-codigopro-2017-v5/single.php on line 71

Notícias relacionadas

Carlos Diniz em entrevista

Com 27 anos, Carlos Diniz fundou aquele que chegou, mais tarde, a ser o maior grupo de clínicas dentárias integradas em Portugal, também com presença em Espanha. Porém, após anos de sucesso, “O meu dentista” enfrentou um processo de reestruturação que terminou em insolvência. Nada que fizesse Carlos baixar os braços. Como refere nesta entrevista à DentalPro, fez o luto e ergueu-se de novo. Fundou recentemente a DENTRAL, que se assume como uma revolução na medicina dentária e a maior aliança de clínicas dentárias.

Ler mais 22 Outubro, 2021
Entrevistas

Medika aposta na medicina dentária

A empresa Medika MCN Tecnologia Medicinal S.A sediada em Santa Maria da Feira e fundada em 2016 pelo engenheiro Nuno Vasco Pinho Andrade “assume-se como uma referência na tecnologia da saúde, contribuindo continuamente para a melhoria dos cuidados de saúde”. A DentalPro falou com Nuno Andrade sobre as novas apostas que estão a ser desenvolvidas pela empresa, nomeadamente a nível da medicina dentária.

Ler mais 29 Setembro, 2021
AtualidadeEntrevistasMateriais e equipamentosMedicina dentária

“Esta empresa dispõe de meios técnicos, logísticos, comerciais e humanos adequados para dar resposta aos clientes”

Aldina Pereira é diretora comercial da Ravagnani Dental, em França e Portugal. Já trabalhou a nível internacional na indústria de beleza, moda e banca, mas é na indústria dentária que desenvolveu a sua maior experiência. A DentalPro conversou com Aldina Pereira para perceber melhor o que envolve este projeto entre França e Portugal.

Ler mais 9 Agosto, 2021
EntrevistasRevista