Paulo Almeida e Pedro Pires em entrevista

Imagem da notícia: Paulo Almeida e Pedro Pires em entrevista

Sediado em Vila Nova de Gaia, o Consultório de Medicina Dentária Santo Ovídio foi criado há 30 anos, logo depois de Paulo Almeida e Pedro Pires terminarem a licenciatura em Medicina Dentária. “Conhecemo-nos no primeiro ano da faculdade. Entrámos ao mesmo tempo e pertencemos à mesma turma. Fomos mantendo a amizade e a cumplicidade, e acabou por surgir a ideia de abrir a clínica em conjunto”, começou por dizer Paulo Almeida.

Pedro Pires acrescentou que já formavam uma dupla na faculdade e, no final do curso, decidiram continuar esta parceria. “Na altura, como agora, os alunos trabalhavam dois a dois nas aulas práticas. Criámos um primeiro consultório, do outro lado da rua, só com um gabinete, onde trabalhávamos à vez, pois possuíamos apenas um equipamento. Nos outros dias, exercíamos noutras clínicas de colegas que já tinham uma dimensão maior. É que na altura havia uma realidade para os homens, que hoje não há, que era o serviço militar obrigatório. E todos começávamos com essa incerteza grande: se iríamos ou não ser chamados (quase todos eram) e durante quanto tempo. E, portanto, não queríamos de repente montar algo muito definitivo. O início teve que ser muito devagar também por isso”.

Cerca de cinco anos depois, pelo aumento do número de pacientes, mudaram de “casa” e abriram dois gabinetes. Já há 10 anos, aumentaram essas mesmas instalações e fizeram quatro consultórios. Paulo e Pedro assumiram ainda que possuem um consultório pequeno, “o chamado ‘consultório boutique’, que luta com armas desiguais perante os grandes grupos económicos. Mas sempre nos demos muito bem a trabalhar assim, estamos muito bem implementados aqui e temos conseguido manter o consultório mais ou menos da mesma forma ao longo do tempo. Mais, somos dos únicos dentistas que começaram nessa altura e ainda se mantêm a trabalhar juntos. O facto de sermos amigos, para além de sócios, é muito importante para este facto”.

Saiba mais na próxima edição da DentalPro.

24 Março, 2020
Entrevistas

Notícias relacionadas

“Não peço que votem em mim, votem na mudança!”

"Candidato-me a bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) com uma equipa que pretende um caminho de valorização da medicina dentária e de defesa dos médicos dentistas. Porque defender os princípios de atuação dos médicos dentistas é salvaguardar a saúde oral de todos os portugueses”, afirmou Miguel Pavão, médico dentista de 40 anos, em entrevista à DentalPro.

Ler mais 27 Março, 2020
Entrevistas