Já sabe em quem vai votar?

Imagem da notícia: Já sabe em quem vai votar?

As eleições para a Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) decorrem já amanhã. Há duas listas na corrida, A e B, encabeçadas por Miguel Pavão e Artur Lima, respetivamente. O primeiro defende que é urgente “Mudar. Pelo Futuro da Profissão” e o segundo quer “Renovar com confiança. Honrar a Ordem. Garantir o futuro”.

Que mensagem gostariam de deixar à equipa que vos acompanha e, claro, a todos os eleitores?

Miguel Pavão: Para a equipa é uma mensagem de que fazem parte de uma candidatura de vitória e mudança de rumo. E que, no dia 27, a Ordem vai mudar para melhor. Para isso, é importante a mensagem aos eleitores, para que percebam que o seu voto conta muito para essa mudança. Por isso, não deixem de votar e pensem, no momento em que fizerem a cruz no boletim de voto, se querem manter tudo como está ou se querem um novo projeto, uma nova equipa que traz um futuro diferente e melhor para a profissão.

Artur Lima: Candidato-me a bastonário por paixão à profissão que escolhi e que tão bem conheço, tanto no setor público quanto no privado. Iniciei a minha carreira a trabalhar por conta de outrem; depois abri o meu próprio consultório; ingressei na função pública e integro o quadro de pessoal do centro de saúde de Angra do Heroísmo. Tenho por objetivos servir os colegas e trabalhar para dignificar a medicina dentária. Para isso conto com a experiência que adquiri, mas também com um grupo de colegas que, com o mesmo empenho e dedicação, defendem uma Ordem coesa e capaz de responder aos desafios do presente e do futuro. É preciso ter experiência para implementar medidas que protejam os médicos dentistas e determinação para colocar as preocupações da nossa classe na agenda política e mediática do país. 

Entrevista completa na DentalPro 149.

26 Junho, 2020
EntrevistasMedicina dentária

Notícias relacionadas

Covid-19: médicos dentistas contra novo confinamento

O bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), Miguel Pavão, revelou no sábado que a classe "rejeita a ideia de um novo confinamento", após a sua atividade ter sido afetada pela pandemia de Covid-19, mas prometeu colaboração em qualquer outra circunstância.

Ler mais 27 Outubro, 2020
Medicina dentária